Avançar para o conteúdo principal

O necessário equilíbrio entre o trabalho e a família


Mensagem do Secretário Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pelo Dia Mundial das Famílias 2012

O Dia Internacional da família deste ano destaca a necessidade do equilíbrio trabalho-família. O objetivo é ajudar os trabalhadores de todos os lugares a sustentaram financeiramente e emocionalmente as suas famílias, mas também a contribuirem para o desenvolvimento sócio-económico de suas sociedades.
As tendências atuais enfatizam a crescente importância das políticas sobre a relação trabalho e família. Estas tendências incluem uma maior participação das mulheres no mercado de trabalho, e a crescente urbanização e mobilidade em busca de emprego.
Como as famílias tornam-se menores e as gerações vivem separadas, a família ampliada está menos disponível para oferecer cuidados, e os pais trabalhadores enfrentam crescentes desafios.
Milhões de pessoas ao redor do mundo não têm condições dignas de trabalho e do apoio social para se ocupar de suas famílias. Cuidados infantis de qualidade a preços acessíveis é raramente disponível nos países em desenvolvimento, onde muitos pais são forçados a deixar seus filhos, em idade pré-escolhar, sozinhos em casa. Muitas crianças também são deixadas aos cuidados de irmãos mais velhos que, por sua vez, são retirados da escola.
Um certo número de países oferece generosas disposições de licença para mães e pais. Muitos mais, entretanto, fornecem poucos benefícios em conformidade com os padrões internacionais. Disposições de licença de paternidade ainda são raras na maioria dos países em desenvolvimento.
Modalidades flexíveis de trabalho, incluindo horas de trabalho escalonados, horários de trabalho compactados ou de teletrabalho, estão se tornando mais amplamente disponíveis - mas há muito o que para melhorar em toda parte. Estou comprometido com isso em nossa própria organização, onde atualmente estamos olhando para as nossas próprias estruturas, e vendo o que podemos fazer melhor.
Temos de responder às complexidades em constante mudança de trabalho e vida familiar. Congratulo-me com o estabelecimento de locais de trabalho favoráveis à família, através de disposições de licença parental, regimes de trabalho flexíveis e melhor cuidado com os filhos.
Tais políticas e programas são fundamentais para melhorar o equilíbrio entre trabalho e família. Essas ações também podem levar a melhores condições de trabalho, a saúde do e a produtividade do trabalhador,  e um foco mais planeado sobre  a igualdade de género.
Políticas de equilíbrio entre o trabalho a família demonstrar tanto o compromisso de um governo para com o bem-estar das famílias e o compromisso do setor privado com a responsabilidade social.
Neste Dia Internacional das Famílias, renovemos o nosso compromisso de promover o equilíbrio entre o trabalho e a família para o benefício das famílias e da sociedade em geral.
 Ban Ki-moon

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.