Avançar para o conteúdo principal

Viver a Quaresma em família


“CANTINHO MARIANO DE ORAÇÃO”
A dinâmica em casa consiste em criar um tempo de oração e conversão em família. Assim, cada família é convidada a criar um “Cantinho Mariano de Oração”, para rezar, tal como Maria faz com os discípulos no Cenáculo.

Esquema de oração:
- Acender a vela;
- Bênção inicial ou invocação do Espírito Santo;
- Leitura/meditação do livro «Rezar na Quaresma»; 

- Silêncio;
- Exame de Consciência;
- «Confissão» e «À Vossa proteção...»;
- Bênção final.



EXAME DE CONSCIÊNCIA
Esta é a proposta de um Exame de Consciência mais elaborado. Pode-se, no entanto, seguir outros. Ou então, escolher uma ou duas perguntas para o exame de consciência do dia. Guarde-se tempo de silêncio para o exame individual ou familiar.

Em resposta ao Amor de Deus que nos criou como família, perguntemo-nos:
• Deus tem estado presente na nossa família?
• Temo-nos ajudado mutuamente a aprofundar o conheci- mento da Pessoa de Jesus Cristo e do seu Evangelho?
• Temos participado na Missa como família, encontrando na Eucaristia o alimento da nossa vida familiar e a cura das nossas falhas ao amor e à unidade?
Para os pais:
• Tenho arranjado tempo para escutar os meus, para dialogar, para crescer no conhecimento e no amor a cada um deles?
• Tenho cuidado da missão de educar os meus  lhos na fé cristã, no amor, na liberdade, na temperança em relação aos bens materiais, na generosidade da resposta à vocação, no respeito pelo bem comum e pelos direitos dos outros, na partilha com os mais pobres?
Para os filhos:
• Sou respeitador e obediente aos meus pais!?
• Abro-me e dialogo com eles sobre as minhas experiências, as minhas descobertas e os meus problemas?
• Como me relaciono com os meus irmãos mais novos e mais velhos?

Em resposta ao Amor de Deus que nos enviou para sermos suas testemunhas, perguntemo-nos:
• Estou atento ao outro!? Ele é para nós um dom!?
• Damos testemunho da nossa fé e de como ela orienta e fortalece a nossa vida familiar?
• Temos estado atentos e ajudado famílias que estão em dificuldades afectivas ou materiais?

Em resposta ao amor de Deus que nos deu a Mãe Igreja para nela crescermos e levar o Evangelho da Vida e do Amor a toda a gente, perguntemo-nos:
• Temos participado ativamente na vida da nossa paróquia, oferecendo a nossa disponibilidade e o nosso contributo para as atividades apostólicas?
• Fazemos por construir a comunidade, como verdadeiras pedras vivas!?
• Sentimo-nos responsáveis e comprometidos na vida da Igreja!?

Em resposta ao Amor de Deus que nos chama a colaborar com Ele na construção do seu Reino no mundo, perguntemo-nos:
• Temos sabido renunciar ao supérfluo, a despesas inúteis, à vaidade?
• Como utilizamos os nossos tempos livres?

• Temos sido responsavelmente intervenientes nas escolas, nas associações de pais e de estudantes ou noutros grupos a que pertencemos?

CONFISSÃO
Confesso a Deus todo-poderoso
e a vós irmãos,
que eu pequei muitas vezes
por pensamentos, palavras,
actos e omissões por minha culpa, minha tão grande culpa.
Peço à Virgem Maria aos Anjos e Santos

e a vós, irmãos,
que rogueis por mim a Deus Nosso Senhor.


À VOSSA PROTECÇÃO...
À vossa protecção recorremos, Santa Mãe de Deus.
Não desprezeis as nossas súplicas
em nossas necessidades,
mas livrai-nos sempre de todos os perigos, 

ó Virgem gloriosa e bendita. Amém

UM DESAFIO...
Para concluir a dinâmica em casa, cada catequizando, com a ajuda da família é convidado a costurar todos os pedaços de tecido, que vai receber na sessão de catequese, ao longo da Semana Santa, para que na Sexta-feira Santa ou na Vigília Pascal apresente o seu

“manto” costurado. 


Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.

Um cristão não pode dizer “sou contra homossexuais”

Convém recordar que Jesus Cristo está depois do Antigo Testamento e que, na sua passagem pela terra, deu sempre lugar de destaque às prostitutas, sobretudo a Maria Madalena. E, já agora, não será Mateus 19:12 uma aceitação da naturalidade da homossexualidade? “Alguns eunucos são assim porque nasceram assim”.