Avançar para o conteúdo principal

E tu que dizes?! Nas periferias da Família - IX Jornada da Família


Desafiamos-te a te envolveres desde já. 
Colocamos-te algumas questões. Pensa nelas. 
Não respondas apenas com o coração e com a razão. Ilumina-os com a luz da fé.
A família é o lugar por excelência para o diálogo e para a partilha.
Se possível cria um grupo de partilha. 
Apresenta o tema e dialoga com eles.
Sim, também é para ti que vives na condição de separado de divorciado, em união de facto... ou até mesmo te interrogas se o casamento e a família são assim tamão importantes...
Podes deixar as tuas partilhas num vaso de barro que encontrarás à porta da Igreja. 
Se quiseres podes partilhar no Facebook ou mesmo enviar-nos por mail.
Mas o importante mesmo é envolveres-te.
Participa.
Dá o melhor do teu coração.

A família é muito importante. Como vês a família hoje? Que ideal tens de família?

A Igreja tem um ideal de família. Conheces esse ideal? Achas que está ultrapassado?  Conheces e lês o que a Igreja diz sobre a família?

Há muitos divórcios, separações, uniões de facto... Como te posicionas face a estas situações? Aceitas com indiferença e resignado às evidências? Sabes o que diz a Igreja sobre elas? Conheces alguém nestas circunstâncias?

Muitos jovens excluem a própria ideia de casar... O que achas que se passa? É uma questão económica? É falta de projeto de vida?

O papa Francisco desafia-nos a ir às periferias existências, a abrir as portas da igreja para sair e ir aos encontro de todos, quaisquer que sejam as situações... O que te diz este desafio? Como pensas concretizá-lo? 


Responde para o e_mail: 
saomartinhodebrufe@gmail.com 
comunidadestoadriao@gmail.com
saomartinhodecavaloes@gmail.com


Pelas Equipas de Pastoral Familiar de Santo Adrião e de São Martinho de Brufe, VNF

Mensagens populares deste blogue

Conselhos do Papa Francisco para ir à Missa com crianças

Choros ou gritos das crianças podem atrapalhar, mas a comunidade deve incentivar a participação de toda família.
“Chata!” Respondi à minha avó quando me perguntou sobre o que eu havia achado da Missa. Na época, eu tinha uns seis anos. E olha que cresci em uma família católica, frequentando Missas e catequeses! Recordo que ir à Missa, muitas vezes, representava uma soneca durante a  homilia, pipocas doces e coloridas ou sorvete no fim. Confesso que minha participação não era exemplar, porém, creio que essa liberdade na participação foi ajudando a semear a fé em meu coração e em minha mente.

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.