Avançar para o conteúdo principal

Por uma educação de qualidade...








"Com a evolução social, os campos de acção pastoral são cada vez mais e diferentes. Contudo, peço-vos para não descurarmos um campo que é a célula da vida humana: a família.
O n.º 2207 do Catecismo da Igreja Católica diz-nos que a “a família é a comunidade em que, desde a infância, se podem aprender os valores morais, começar a honrar a Deus e a fazer o uso da liberdade. A vida da família é assim uma iniciação à vida em sociedade.”
Porque não queremos ser uma Arquidiocese de Tradições, apostar numa pastoral familiar consistente, gerará homens (e cristãos) com valores inabaláveis, ao estilo de Jesus, que produzirão um novo sistema social. E o melhor presente que os pais podem oferecer aos seus filhos, à semelhança dos reis magos, é esta educação de qualidade que Maria nos delega.
E por outro lado, nunca o esqueçamos: Maria acompanhou Jesus com palavras e exemplo, para que o projecto do Pai se concretizasse. Daí que, caríssimos diocesanos, a educação de qualidade torna-se sinónimo de não ter medo de, na oração e conversas familiares, propor o caminho duma vocação para que a felicidade dos vossos filhos e filhas passe, porventura, por responder também um “sim” ao chamamento vocacional de Deus para uma vida religiosa ou sacerdotal. Haverá algum presente mais belo do que, à semelhança de Maria, entregar um filho para uma vida de entrega total a Deus? Deus nada tira, Ele dá tudo!"

Excerto da Homilia de Dom Jorge Ortiga, 6 de Janeiro de 2013, Cripta do Sameiro,
por ocasião da Celebração das Bodas de Prata Episcopais
http://diocese-braga.pt/noticia/3/4463 

Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.

Um cristão não pode dizer “sou contra homossexuais”

Convém recordar que Jesus Cristo está depois do Antigo Testamento e que, na sua passagem pela terra, deu sempre lugar de destaque às prostitutas, sobretudo a Maria Madalena. E, já agora, não será Mateus 19:12 uma aceitação da naturalidade da homossexualidade? “Alguns eunucos são assim porque nasceram assim”.