Avançar para o conteúdo principal

A Família na Arte

“A vida partilhada: Os gestos da família nas imagens da arte” (La vita condivisa: I gesti della famiglia nelle immagini dell’arte) é o título da exposição inaugurada esta terça-feira em Milão, com a adesão do presidente da República italiano. «Criar, crescer, cuidar, educar, preservar são os verbos que se ligam a este lugar de incorporação a que é confiada a transmissão da vida, dimensões que traçam o perfil de identidade, desde o início da existência do homem, logicamente anterior à constituição de cada crença religiosa ou de qualquer forma de vida social», refere o texto de apresentação da iniciativa.
A mostra, enquadrada pelo 7.º Encontro Mundial das Famílias que decorre em Milão de 30 de maio a 3 de junho, com a presença do papa Bento XVI, realça a importância dos agregados familiares enquanto lugares «de acolhimento e relação, recuperando os gestos evidenciados por obras da tradição ocidental artística».
As 60 obras, patentes até 1 de julho no Palazzo delle Stelline, galeria do Grupo Credito Valtellinese, dividem-se em quatro secções – “A família”, “O acolhimento”, “A relação” e “No quotidiano” – compreendendo obras criadas entre a Idade Média e o século XXI, algumas inspiradas na Bíblia.

Conferir em 
A Família na Arte | Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura

Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

Oração de Consoada 2017

Maria de Nazaré, Contigo cantamos as maravilhas de Deus. A tua espera, hoje nos enche de alegria! Com ela aprendemos o prazer de esperar... e por meio dela vivemos agora habitados pelo infinito...
José, filho de David, A tua espera, hoje surpreende-nos... Estamos maravilhados, porque Deus Entra no nossa vida e na nossa história Para nos oferecer a esperança da vida eterna.
Jesus, Deus connosco, O desejo de ti, faz-nos hoje experimentar a tua presença viva, simples e dócil. Sentado à nossa mesa, convives connosco nesta noite E nos interpelas com a tua ternura.
Sagrada família de Nazaré, Neste Natal, faz-nos sair ao encontro Dos rostos concretos daqueles que mais precisam. Não nos deixes acomodar diante desta mesa rica, Mas interpela-nos diante da pobreza e da injustiça.
Deus, Pai nosso, Abençoa-nos e abençoa estes alimentos Que em família reunida tomamos. Mas não nos deixes cair na tentação da indiferença. Dai pão a quem tem fome e fome de justiça a quem tem pão.
Amen!

Um cristão não pode dizer “sou contra homossexuais”

Convém recordar que Jesus Cristo está depois do Antigo Testamento e que, na sua passagem pela terra, deu sempre lugar de destaque às prostitutas, sobretudo a Maria Madalena. E, já agora, não será Mateus 19:12 uma aceitação da naturalidade da homossexualidade? “Alguns eunucos são assim porque nasceram assim”.