Avançar para o conteúdo principal

Para ti, Pai

Que labutas nesta sociedade de incerteza, de egoísmo e de superficialidade. Que procuras no dia-a-dia das corridas contra o tempo e dos sacrifícios manter a dignidade de quem não cruza os braços e abraça a sua missão. Que pela tua generosidade e abnegação és sinal de amor e de dedicação para os teus filhos.

Para ti, Pai:
Que tens a juventude na mão, que caminhas contra a corrente e que sentes uma grande indefinição… Que não tens medo de assumir com convicção a grandeza e a beleza da entrega como marido e pai. Que decides abraçar com o coração a vida, a família e a vocação. Sabendo que nem sempre surgirão as conquistas, os ganhos e as alegrias.

Para ti, Pai:
Que possuís um coração descontente com o lugar e o tempo, porque procuras a verdade, a entrega, a solidariedade. Que optas pela firmeza e pela educação dos teus filhos, embora isso traga grandes dissabores, tristezas e temores… 

Para ti, Pai:
Que és filho e sabes perdoar e amar. Que aceitas conselhos, sabes ouvir e conversar… Que fazes uma aprendizagem da vida e sabes educar. Que acreditas que há algo superior…e valorizas a dimensão espiritual.

Para ti, Pai:
Que sofres os problemas gerados pela falta de emprego ou de um filho doente, e por isso sentes que o caminho é árduo e quase sem saída, devido a tanta dificuldade. E que apesar de tudo, te lembras que ainda há tempo para a esperança, para a partilha e para a solidariedade. Que a vida ainda se reveste de alegria e que o amor é o sinal maior da descoberta da vida e de quem quer ser melhor.

Para ti, Pai:
Que és velhinho, doente, sozinho, abandonado e não amado, só porque alguém se esqueceu de quem tanto lutou e por ele se entregou, sofreu e amou…! Que mesmo assim, ainda valorizas a luz e as cores, o mar e o sol, e que pela tua experiência e sabedoria, ainda encontras na vida algo de belo… para além de toda esta indiferença, solidão e ingratidão.

Para ti, Pai:
Que viveste e semeaste com amor. Que foste transmissor de valores, imprimindo na tua família as tuas marcas e a saudade…  e que já estás junto do PAI… 

Um enorme e eterno Obrigado!
Equipa da Pastoral Familiar Arciprestal de V. N. Famalicão

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.