Avançar para o conteúdo principal

Fortalecer papel na educação dos filhos

 Medos, adolescência, valores e espiritualidade são alguns dos temas em análise na nova edição do «Aprender a Educar – Programa para pais» promovido pela Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa - Porto.
Como o ser pai e mãe é “um desafio constante”, esta iniciativa procura potenciar o papel parental ao nível da educação dos filhos”, revela um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.
Composto por 12 sessões (de janeiro a junho) o programa deste ano integra o debate em torno do acompanhamento dos estudos, da adolescência, das transições familiares e do controlo de medos.
Agendadas entre as 21h30 e as 23h30, as sessões do programa «Aprender a Educar» são dinamizadas por psicólogos e procuram ter uma abordagem prática.
Programa «Aprender a Educar»
Sessão 1 - Autoestima e Auto-confiança: bens preciosos - 6 de janeiro
Sessão 2 - Estudar e fazer TPC’s: Acompanhar e responsabilizar! - 20 de janeiro
Sessão 3 - Brincar precisa-se! - 3 de fevereiro
Sessão 4 - Monstros, Fantasmas & Companhia! - 10 de fevereiro
Sessão 5 - Regras, limites, castigos e recompensas: Quando e Como? - 2 de março
Sessão 6 - Os bebés não se partem! - 16 de março
Sessão 7 - Quando o Pai e a Mãe não vivem juntos… - 30 de março
Sessão 8 - Irmãos: (In)separáveis - 20 de abril
Sessão 9 - Socorro! Tenho um filho adolescente! - 4 de maio
Sessão 10 - Vida a 1000Km/h: gerir múltiplos papéis! - 18 de maio
Sessão 11 - Eu arrisco, tu arriscas! Comportamentos de risco na adolescência - 1 de junho
Sessão 12 - Valores e espiritualidade na educação - 15 de junho
 
http://www.agencia.ecclesia.pt

Mensagens populares deste blogue

Conselhos do Papa Francisco para ir à Missa com crianças

Choros ou gritos das crianças podem atrapalhar, mas a comunidade deve incentivar a participação de toda família.
“Chata!” Respondi à minha avó quando me perguntou sobre o que eu havia achado da Missa. Na época, eu tinha uns seis anos. E olha que cresci em uma família católica, frequentando Missas e catequeses! Recordo que ir à Missa, muitas vezes, representava uma soneca durante a  homilia, pipocas doces e coloridas ou sorvete no fim. Confesso que minha participação não era exemplar, porém, creio que essa liberdade na participação foi ajudando a semear a fé em meu coração e em minha mente.

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.