Avançar para o conteúdo principal

Oração de Consoada na Noite de Natal



DA CONFIANÇA  
brota a

[Todos em volta da mesa. O Pai ou a Mãe conduzem a oração. Um filho tem a Bíblia aberta em Lc 2,15-20. Outro tem o MENINO JESUS na mão. No presépio ou no centro da mesa está preparado um lugar para que no final da oração se coloque o MENINO JESUS sobre ela.]

CÂNTICO DE NATAL

Noite feliz, Noite feliz,
O Senhor, Deus de amor,
Pobrezinho nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus nosso bem.
Dorme em paz. O Jesus.
Dorme em paz. O Jesus.

Noite de paz, noite de amor.
Tudo dorme em redor.
Entre os astros que aspergem a luz
Indicando o Menino Jesus.
Brilha a estrela da paz.
Brilha a estrela da paz.
  
[PAI/MÃE/OUTRO, BENZENDO-SE] Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
[TODOS] Amém.
[PAI/MÃE/OUTRO] A graça e a paz de Jesus, nascido hoje para nós, estejam connosco!
[TODOS] Bendito seja Deus que nos reuniu no Amor de Cristo.
[PAI/MÃE/OUTRO] Hoje é um dia de alegria! A nossa peregrinação de confiança do coração permite-nos dizer existem realidades que tornem a vida bela e por elas chega uma plenitude e uma alegria interior? Essa realidade é para nós hoje o Natal. Da confiança brota em nós a fé no Emanuel, no Deus connosco. Vamos recordar como tudo aconteceu.

 [Propomos que a proclamação deste texto se faça pela Bíblia - Lc 2, 15 – 20]

[LEITOR] Naqueles dias, quando os anjos se afastaram deles em direcção ao Céu, os pastores disseram uns aos outros: «Vamos a Belém ver o que aconteceu e que o Senhor nos deu a conhecer.» Foram apressadamente e encontraram Maria, José e o MENINO deitado na manjedoura. Depois de terem visto, começaram a divulgar o que lhes tinham dito a respeito daquele MENINO. Todos os que ouviram se admiravam do que lhes diziam os pastores. Quanto a Maria, conservava todas estas coisas, meditando-as no seu coração. E os pastores voltaram, glorificando e louvando a DEUS por tudo o que tinham visto e ouvido, conforme lhes fora anunciado.

[Pequena pausa em silêncio]


BÊNÇÃO DA MESA DE CONSOADA

[PAI/MÃE/OUTRO ou TODOS]
SENHOR, a confiança em Ti
faz-nos estar aqui reunidos em Teu nome.
Abençoa-nos com a Tua paz!
Agradecidos por todos os alimentos que nos concedes, nós Te pedimos:
abençoa a nossa família e a mesa cheia dos frutos da tua bon­dade.
SENHOR, recordamos todos os que não têm que comer e passam frio,
os que não têm família ou estão desempregados:
que a nossa confiança em Ti seja traduzida em gestos fraternos e solidários
para que todos eles recuperem a confiança e a esperança no futuro.
SENHOR, que a celebração do Natal fortaleça a confiança do coração
para nele brotar a fé em Jesus,
Ele que é Deus convosco, na unidade do ESPÍRITO SANTO.
[TODOS] Amém.

[PAI/MÃE/OUTRO, BENZENDO-SE] Bendigamos ao Senhor!
[TODOS] Graças a Deus!

[Pode concluir-se com o cântico inicial ou com outro conhecido de todos]

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.