Avançar para o conteúdo principal

Dia da Mãe


Eu te agradeço, Senhor, pela mãe valente e sonhadora, que apesar do trabalho e da dor, da incerteza e da amargura, da alegria e da felicidade, aceitou, protegeu e acarinhou o filho desde que o concebeu…

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe aprendiz e educadora, pela mãe jovem e idosa, pela mãe altruísta e solidária, pela mãe lutadora e sofredora, aquela que para os seus é sempre exemplo, sinal de ternura e de alegria, de caminho e de luz.

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe que embala o filho que não é seu, pela mãe de coração, pela mãe humilde e prudente, que orienta e olha para o horizonte, procurando descobrir a certeza das decisões, sempre disposta a ceder para o bem e para a felicidade dos seus filhos.

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe triste e magoada, que sem reservas compreende e perdoa o filho que falha, que a desilude, que a entristece e que é rude.

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe que ama incondicionalmente os seus filhos, que canaliza as suas energias para a sua família, abnegando do seu “Eu” e que aceitou a sua missão de entrega e dedicação ao dom da vida, à vocação maternal e à família.

Eu te agradeço, Senhor, a mãe que já partiu e está na casa do Pai…que criou a sua história de vida e a sua família, que ensinou e infundiu nos seus o sentido do amor e da inteireza, do perdão e da grandeza dos valores e do espiritual.

Protege, Senhor, a mãe inquieta, crítica e inconformista, a mãe que vive um tempo de desnorte, a mãe que procura sem desanimar a solução para os seus problemas, a mãe que sonha e acredita numa sociedade solidária, mais justa e num futuro melhor…

Protege, Senhor, a mãe que está sozinha, sedenta de encontros e diálogos, a mãe que também é pai, a mãe envelhecida e cansada, a mãe triste e abandonada que aguarda por um nascer do sol diferente e repleto de esperança…

Protege, Senhor, a mãe educadora, a mãe que é amada, compreendida, respeitada e acarinhada.

Protege, Senhor, a mãe que sente falta de outra vida, de outra frescura, de um coração inteiro, a mãe que ainda procura ser ela própria…

Protege, Senhor, a mãe que chora o filho que morreu, a mãe que sofre pelo filho que adoeceu, a mãe que perdoa e que não esqueceu o filho que se perdeu…

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe que me deste!
Protege, Senhor, todas as mães do mundo!

Equipa da Pastoral Familiar Arciprestal  de V. N. Famalicão

Mensagens populares deste blogue

Conselhos do Papa Francisco para ir à Missa com crianças

Choros ou gritos das crianças podem atrapalhar, mas a comunidade deve incentivar a participação de toda família.
“Chata!” Respondi à minha avó quando me perguntou sobre o que eu havia achado da Missa. Na época, eu tinha uns seis anos. E olha que cresci em uma família católica, frequentando Missas e catequeses! Recordo que ir à Missa, muitas vezes, representava uma soneca durante a  homilia, pipocas doces e coloridas ou sorvete no fim. Confesso que minha participação não era exemplar, porém, creio que essa liberdade na participação foi ajudando a semear a fé em meu coração e em minha mente.

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.