Avançar para o conteúdo principal

O que é que te aumenta o coração?

Temos pouco tempo para agradecer o que (nos) corre bem. O tempo parece não chegar para reparar no lado bom do que nos acontece.
Parece-me que temos sempre a cassete a tocar para o mesmo lado. O lado que reclama e nada faz. O lado que se entristece e deixa de reconhecer os traços da alegria. O lado do fiquemos-como-estamos. O lado do sossego que não é, sequer, primo da Paz. Escolhemos sempre o lado B e claro que a música será sempre a mesma.

Sobra-nos pouca coragem para mudar a cassete para o lado certo. O lado que agita as coisas e que as faz tremer. O lado que nos faz fazer perguntas. O lado que nos faz ser capazes de ver com olhos limpos das poluições do costume. Continuamos a comprar rádios novos e aparelhos tecnologicamente modernos mas a cassete é sempre a mesma. As notas não mudam e a vontade também não.

Deixem-me lembrar-vos que as cassetes não são deste tempo. Ficaram lá atrás onde é o lugar delas. Fomos nós que decidimos trazê-las para o futuro e não deixar que a vida seguisse o seu rumo. A música agora tem que ser outra. Procuramos novidades no youtube, no facebook, no instagram, no snapchat. Não encontramos nada que nos pareça suficientemente novo, suficientemente bom. É natural. A novidade mora dentro de cada um. Essa frescura que nos arrebata e nos faz querer varrer tudo o que nos fez pó, está aí. A dormir à beirinha dos sonhos que não temos. À beirinha dos projetos que deixámos para trás. É uma questão de decidir acordar essa luzinha pequena que nos faz brilhar os caminhos de dentro.

Depois de acordares o farol que será capaz de te iluminar a cada dia, vais ver caminhos que nem sabias que existiam. Que nem sabias que tinhas. De repente, vai ser fácil perceber que o que nos faz mudar para o lado certo da cassete é descobrir o que nos aumenta o coração. O que nos faz crescer é a coragem que decidimos (ou não!) ter para ver o que há no mundo. E o mundo tem tudo o que é preciso para nos fazer felizes. Há caminho que chegue para todos.

Eu sei que tenho feito algumas perguntas difíceis… Mas não te esqueças que são EXATAMENTE essas que te mudarão a vida. Cá vai mais uma se tiveres coragem para a ler…


E tu? Queres descobrir o que te aumenta o coração? Ou vais continuar à espera que a cassete se mude sozinha?

Por Marta Arrais

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.