Avançar para o conteúdo principal

O QUE CABE NUMA LÁGRIMA?

Ser simples é uma luta permanente contra todas as tentações para nos desviarmos do caminho certo. Requer uma atenção constante face à nossa tendência para complicarmos sempre tudo. Há cada vez mais estímulos e opções, é essencial cultivarmos o discernimento de traçar e seguir o nosso próprio caminho.


Muita da sede que sentimos é resultado de desejos que aceitamos tomar como nossos. Buscamos com todas as forças tanta coisa desnecessária que acabamos por desprezar o importante. Queremos tudo e acabamos, quase sempre, sem nada.

Somos egoístas e tão pouco inteligentes que acreditamos mesmo que nos bastamos a nós próprios e que temos em nós tudo o que precisamos. Não. Somos metade de tantas coisas e gotas de água de outras mais.

A água é vida e tem sempre forma de encontrar o seu caminho. Insiste, acumula-se e, com paciência, acaba por descobrir por onde ir. Quando estagna, corrompe-se. A água é simples, pura e… viva!

Não devemos deter-nos em nada de passageiro, na certeza de que a eternidade é vida. Beleza sublime a acontecer, a criar-se e a multiplicar-se.

Viver é criar. Fazer nascer. Ser fonte de bem. O mundo quer ser cada vez mais belo, porque a sua beleza ainda não está completa. Por isso conta com a nossa capacidade de criar para ser perfeito.

Hoje falta tempo para parar e pensar. Para esperar e meditar bem antes de decidir. As ações ficam sempre com os seus autores. O resultado das nossas decisões somos nós. Muito daquilo que sou depende do que decido, com mais ou menos consciência. Sou responsável pela minha vida, por dar respostas e encontrar caminhos.

Sou chamado a concluir a criação do que sou, a ser protagonista da minha existência, a ser espectador de tudo e sou, acima de tudo, a obra-prima!

Cada um de nós tem uma missão. Quem não sabe qual é, procure dar uso aos seus dons. Ao que tem de diferente e melhor face aos outros. Não, não é o que lhe é mais fácil ou o que lhe dá mais prazer, é sim o que pode e deve fazer de bom.

A tua missão é fazeres de ti alguém em quem a vida tem sentido.

A água que brota das nascentes não volta para lá sem ter cumprido a sua missão.

Neste mundo só temos esta vida. Saibamos fazer-nos fonte de água viva. Matando a sede aos que andam sedentos de respeito, verdade e amor, e limpando cada uma das feridas dos que foram desprezados, maltratados e humilhados.

A água busca a água. O amor busca o amor.

Numa lágrima cabe a tristeza toda… mas também numa lágrima cabe a alegria de uma vida inteira!

Em cada lágrima há uma oração e um sorriso. Uma traição vencida por uma esperança de amor que, com certeza, se cumprirá.

José Luís Nunes Martins

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.