Avançar para o conteúdo principal

Quaresma em Família - I Domingo


Jesus soube resistir de forma bastante inteligente a todo o tipo de tentações. Porque? Porque estava preparado, porque sabia como resistir e que respostas dar as mesmas. E nos?
Sabemos identificar as tentações as quais não resistimos diariamente? Sabemos o antídoto para lhes resistirmos? Conhecemos suficientemente a Palavra de Deus para encontrarmos a solução para esses problemas? Façamos um pequeno jogo em família: sentados em volta da mesa, esse lugar de união, cada qual procure identificar algum erro de quem fica à sua frente. O que ajudaria o outro a ser melhor no seu dia-a-dia? Que pequenas idolatrias – maus hábitos, vícios, excessos, omissões – tem o meu irmão, que fazem parecer que nem sempre se lembra do verdadeiro Deus?



DESERTO
Se me adentro nele,
a imensidade e o silêncio
me envolverão...
desaparecerão medos e barreiras 

e poderei aceder e permanecer 
no mais íntimo de mim
em paz.

Começarei uma nova aventura 
encontrar-me-ei contigo jejuarei
e caminharei com gozo

ainda que me perca
entre as suas monótonas dunas.

Lugar de prova e experiência,
de presença e encontro contigo: 

isso é o deserto
quando os olhos se mantêm fixos 

 naquele que abriu caminho
e cruzou a fronteira primeiro 


Florentino Ulibarri

Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

Mais de 46 pares de noivos preparam matrimónio em Famalicão

Iniciaram a sua preparação para o casamento no passado domingo, dia 15 de abril, no Centro Social e Paroquial de Ribeirão, 46 pares de noivos, sob a orientação de uma equipa de seis casais oriundos das paróquias de Esmeriz, Fradelos, Lousado e Ribeirão, bem como do assistente deste CPM, o padre António Machado, pároco das freguesias de Fradelos e de Vilarinho das Cambas. A equipa é coordenada pelo casal Ana Maria Almeida e Adão Manuel Rocha, da paróquia de Ribeirão.

Mãe, obrigado!

Mãe, Tu, Que a partir do momento que aceitaste o dom da vida, Desde da fecundação do teu filho… até hoje, Todas os dias, Ao longo da tua vida, Sempre. Sem nunca deixares de te preocupar, Estiveste sempre ao seu lado.