Avançar para o conteúdo principal

Mãe...


Mãe…
És reflexo perfeito e sublime
Da beleza pura e intocável
Da Palavra que por amor sempre se dá!


És testemunho vivo e fiel
Da Cruz assumida, abraçada e em vida convertida…
És entrega apaixonada e sem medida!

Mãe…
És tronco que alimenta cada ramo
Com a seiva do amor, da paciência, da alegria do perdão, da verdade e da justiça…
És penhor de vida e doação!

És louvor perene,
Promessa de fruto abundante,
Caminho para Jesus!

Mãe…
És banquete de vida,
Servido alegremente a cada filho,
Com honras de amor e ternura!

És mesa farta onde me sento
E me delicio com o sabor mais doce
Do consolo e da paz do teu colo!

Mãe…
És Evangelho reencarnado…
És pão que sacia a minha fome de esperança,
És vinho que mata a minha sede de alegria!

És banquete sagrado,
Onde o amor verdadeiro se serve num sorriso
E a fé em cada gesto partilhado!

Mãe…
És banquete pascal,
Vida nova a despontar,
És dádiva de amor e sangue!

És alimento saboroso que quero sempre provar,
És refeição de partilha e gratidão…
És grito de vida e felicidade que não se pode calar!

Mãe…
Hoje quero reafirmar o meu amor por Ti!
Estejas comigo na terra, ou já a ver-me do céu,
Neste gesto simples, mas sentido, quero cantar-te!

Obrigado, Mãe…
Obrigado por seres tronco onde cada ramo é gerado,
Mesa onde o amor é partilhado
E coração onde cada filho tem lugar!
Obrigado, Mãe...
És a rainha da minha vida que hoje e sempre quero coroar e embelezar!

                                                                                             Vânia Pereira

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.