Avançar para o conteúdo principal

Papa apresenta Quaresma como “caminho de esperança”

Esta quarta-feira começa a Quaresma, um período de 40 dias marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa.

O Papa Francisco assinalou no Vaticano o início da Quaresma, período de preparação para a Páscoa, e falou de um “caminho de esperança” que quer levar os católicos da “escravidão” à liberdade.
“[A Quaresma] é um caminho certamente exigente, como é bom que seja, porque o amor é exigente, mas é um caminho cheio de esperança. Mais: o êxodo quaresmal é o caminho no qual a própria esperança ganha forma”, disse, perante milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro para a audiência pública semanal.
Francisco aludiu às práticas penitenciais ligadas ao tempo de preparação para a Páscoa, no calendário católico, e sublinhou que “o cansaço de atravessar o deserto – todas as provas, as tentações, as ilusões, as miragens -, tudo isso serve para forjar uma esperança forte, sã”.

“Com o coração aberto a este horizonte, entremos na Quaresma. Sentindo-nos parte do povo santo de Deus, comecemos com alegria este caminho de esperança”, apelou.
Na Quarta-feira de Cinzas, o Papa assinalou que o tempo quaresmal é um “período de penitência, também de mortificação”, algo que não é um “fim em si mesmo”, mas que procurar levar os crentes a “renascer” com Jesus Cristo, num “caminho da escravidão à liberdade”.
A catequese partiu da experiência do Êxodo do povo de Israel, relatado pela Bíblia, e o momento em que Deus o libertou da escravidão do Egipto, um período em que este povo se viu tentado a desistir e “voltar para trás”.
No final da audiência, o Papa saudou os peregrinos de língua portuguesa presentes no Vaticano, particularmente os grupos que ali se deslocaram desde Portugal.
“Ao iniciar a Quaresma, faço votos de que a vossa peregrinação a Roma fortaleça em todos a esperança e consolide, no amor divino, os vínculos de cada um com a sua família, com a comunidade eclesial e com a sociedade. Que Nossa Senhora vos acompanhe e proteja!”, declarou.
A Quaresma, que começa esta quarta-feira, é um período de 40 dias marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão.


In: http://rr.sapo.pt/noticia/77279/papa_apresenta_quaresma_como_caminho_de_esperanca

Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

Mais de 46 pares de noivos preparam matrimónio em Famalicão

Iniciaram a sua preparação para o casamento no passado domingo, dia 15 de abril, no Centro Social e Paroquial de Ribeirão, 46 pares de noivos, sob a orientação de uma equipa de seis casais oriundos das paróquias de Esmeriz, Fradelos, Lousado e Ribeirão, bem como do assistente deste CPM, o padre António Machado, pároco das freguesias de Fradelos e de Vilarinho das Cambas. A equipa é coordenada pelo casal Ana Maria Almeida e Adão Manuel Rocha, da paróquia de Ribeirão.

Mãe, obrigado!

Mãe, Tu, Que a partir do momento que aceitaste o dom da vida, Desde da fecundação do teu filho… até hoje, Todas os dias, Ao longo da tua vida, Sempre. Sem nunca deixares de te preocupar, Estiveste sempre ao seu lado.