Avançar para o conteúdo principal

ORAÇÃO DO PAPA SÃO JOÃO PAULO II SOBRE A FAMÍLIA CRISTÃ

No dia da memória litúrgica de São João paulo II, em contexto do Sínodo dos Bispos pela Família, rezamos a Deus Pai e a Seu Filho, segundo o Espírito Santo, com as palavras inspirados do apóstolo da família:

"Ó Deus, do qual provém toda a paternidade, 
nos céus como na terra,
Vós, Pai, que sois Amor e Vida,"
pelo Vosso Filho Jesus Cristo, 'nascido de uma Mulher',
e pelo Espírito Santo, fonte de caridade divina,
fazei que, na terra inteira, cada família humana se torne
um verdadeiro santuário da vida e do amor,
para as gerações que incessantemente se renovam.
Fazei que a Vossa graça 

oriente sempre os pensamentos e as acções
dos esposos para o maior bem das suas famílias,
de todas as famílias do mundo.
Fazei que as novas gerações 
encontrem na família um apoio sólido,
que as torne sempre mais humanas
e as faça crescer na verdade e no amor.
Fazei que o amor, 
consolidado pela graça do sacramento do Matrimónio,
seja sempre mais forte do que todas as fraquezas,
mais forte do que todas as crises,
que, por vezes, se verificam nas nossas famílias.
Fazei, enfim — nós vo-lo pedimos — por intercessão
da Sagrada Família de Nazaré, 
que em todas as nações da terra
a Igreja possa realizar com fruto a sua missão,
na família e pela família.
Vós, ó Pai, que sois a Vida, a Verdade e o Amor,
na unidade do Filho e do Espírito Santo.
Amém!".


Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.