Avançar para o conteúdo principal

Natal em Família, Família em Natal

Natal, palavra mágica para as crianças, palavra de esperança para os adultos. Natal, tempo de alegria e convívio entre as famílias.
Todos os anos, revive-se esta quadra revestida de encanto para uns, mas de tristeza para outros…
Tradicionalmente faz-se as famosas festas em família, reúnem-se todos sob um mesmo teto para comemorar o nascimento de Jesus. O Natal em família representa a união, a reflexão sobre a verdadeira importância de cada um dos membros da família na sociedade, mesmo que muitas vezes existam conflitos familiares, porém eles também fazem parte deste imenso universo onde nascemos e crescemos.
Natal, presépio, pai natal e prendas para todos e sem nos esquecer que não somos nós os aniversariantes, mas sim, o Menino Jesus, que veio ao Mundo para uma total entrega à Humanidade. No entanto, continuamos a oferecer as prendas a nós próprios e aos outros. E ao Menino Jesus? Ao menos ofereçamos uma palavra simples e humilde: um gesto caridoso, uma atitude diferente, um obrigado, em suma, Amor. Um obrigado por tudo o que Ele nos deu e dá, por tudo o que Ele fez e faz por todos nós. Um obrigado pela vida, pelo amor para que se faça com que o calor do coração humano aqueça a terra inteira e aí sim, sinta todos a presença do Deus Menino, todos os dias no íntimo do nosso ser.
Neste Natal, que tanto se fala em crise nos vários setores da nossa sociedade, vamos dar as mãos, vamos ajudar quem mais precisa. Que a palavra Solidariedade, tantas vezes proferida pela nossa boca, não fique somente impressa no papel, mas que entre no coração de cada um de nós, indo ao encontro do universo de todos para vivenciarmos de maneira plena a mensagem do Menino Jesus. Assim, o Natal será mesmo sinónimo de Família, de União, de Aproximação das pessoas, assumindo o verdadeiro espírito de Natal presente nos nossos corações.

A Equipa da Pastoral Familiar do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão deseja a todas as Famílias um Santo Natal revestido de Paz e Bem!

Marta e Alfredo Guimarães
Equipa Arciprestal de Pastoral Familiar

Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

Oração de Consoada 2017

Maria de Nazaré, Contigo cantamos as maravilhas de Deus. A tua espera, hoje nos enche de alegria! Com ela aprendemos o prazer de esperar... e por meio dela vivemos agora habitados pelo infinito...
José, filho de David, A tua espera, hoje surpreende-nos... Estamos maravilhados, porque Deus Entra no nossa vida e na nossa história Para nos oferecer a esperança da vida eterna.
Jesus, Deus connosco, O desejo de ti, faz-nos hoje experimentar a tua presença viva, simples e dócil. Sentado à nossa mesa, convives connosco nesta noite E nos interpelas com a tua ternura.
Sagrada família de Nazaré, Neste Natal, faz-nos sair ao encontro Dos rostos concretos daqueles que mais precisam. Não nos deixes acomodar diante desta mesa rica, Mas interpela-nos diante da pobreza e da injustiça.
Deus, Pai nosso, Abençoa-nos e abençoa estes alimentos Que em família reunida tomamos. Mas não nos deixes cair na tentação da indiferença. Dai pão a quem tem fome e fome de justiça a quem tem pão.
Amen!

Um cristão não pode dizer “sou contra homossexuais”

Convém recordar que Jesus Cristo está depois do Antigo Testamento e que, na sua passagem pela terra, deu sempre lugar de destaque às prostitutas, sobretudo a Maria Madalena. E, já agora, não será Mateus 19:12 uma aceitação da naturalidade da homossexualidade? “Alguns eunucos são assim porque nasceram assim”.