Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2014

Um click para mandar mensagens aos teus avós

Nas redes sociais do Pontificium Consilium pro Familia (PCF) podem ver-se e segui-se as imagens e as mensagens dos netos aos avós de todo o mundo. Este Domingo, dia 28 de setembro, a partir das 9h, a Praça de São Pedro acolherá os idosos, avós e netos para um momento de festa e de oração na presença do Papa Francisco. Este encontro intitula-se "A benção da longa vida está às portas".  De hoje até ao dia 28, todos os netos poderão mandar mensagens para os próprios avós, também com uma foto, publicando-as diretamente na pagina facebook do Pontifício Conselho para a Família; no twitter mencionando o perfil correspondente à língua (pcfamilia_en, pcfamilia_es, pcfamilia_fr, pcfamilia_it), ou mandando um e-mail ao endereço events@family.va.

Sabe quais sãos os objectivos do Sínodo da família? A polémica face ao essencial!

A polémica se centra excessivamente na questão da comunhão para divorciados novamente casados, mas você sabe quais são os objetivos do sínodo?

Focalizar é reduzir. Os debates que precederam o sínodo da família se cristalizaram na questão do acesso dos divorciados novamente casados à comunhão sacramental, mas não mostraram os objetivos deste sínodo. É verdade que a questão não é secundária, porque detrás dela se esconde a da indissolubilidade do matrimónio sacramental. Mas este tema ocupa apenas um lugar muito pequeno (só 3 dos 159 artigos) no Instrumentum laboris que servirá de base para os trabalhos dos padres sinodais.
A Igreja, hospital de guerra Os bispos tenderão menos a debater sobre o casamento que sobre a família, como indica claramente o tema do sínodo (que às vezes é esquecido): “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. No entanto, no âmbito da família, que passa por uma crise mundial, os sofrimentos não se reduzem (obviamente) ao dos divorciados novamente …

O Matrimónio e a Família segundo a Gaudium et spes

Nas vésperas do Sínodo sobre a família trazemos à memória o que o Concílio Vaticano II nos deixou na Constituição Gaudium et spes. 
CAPÍTULO I
A PROMOÇÃO DA DIGNIDADE DO MATRIMÓNIO E DA FAMÍLIA
O matrimónio e a família no mundo actual 47. O bem-estar da pessoa e da sociedade humana e cristã está intimamente ligado com uma favorável situação da comunidade conjugal e familiar. Por esse motivo, os cristãos, juntamente com todos os que têm em grande apreço esta comunidade, alegram-se sinceramente com os vários factores que fazem aumentar entre os homens a estima desta comunidade de amor e o respeito pela vida e que auxiliam os cônjuges e os pais na sua sublime missão. Esperam daí ainda melhores resultados e esforçam-se por os ampliar. Porém, a dignidade desta instituição não resplandece em toda a parte com igual brilho. Encontra-se obscurecida pela poligamia, pela epidemia do divórcio, pelo chamado amor livre e outras deformações. Além disso, o amor conjugal é muitas vezes profanado pelo egoís…

Vem aí o sínodo sobre a família. Tudo o que precisa de saber!

O que é um sínodo?  Que temas serão abordados?  Quem participa?  E que poder de decisão têm os bispos?
Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família. A Renascença preparou um conjunto de perguntas e respostas que o ajudarão a compreender melhor o que está em causa para a Igreja com este evento.
O que é um sínodo? Um sínodo é um encontro de bispos da Igreja Católica. Pode ser local, de uma diocese específica, ou pode ser da Igreja Universal. De três em três anos reúne-se o sínodo ordinário da Igreja Católica, em que bispos representantes de todas as conferências episcopais se encontram em Roma para discutir um tema particular. Este sínodo é visto como um organismo consultivo para o Papa.
Que tipo de sínodo vai ser este sobre a família? Na verdade são dois sínodos e não apenas um.

Oração pelo Sínodo dos Bispos sobre a Família

O último domingo deste mês de Setembro, dia 28, será dedicado à ORAÇÃO pela III Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, que decorrerá no Vaticano de 5 a 19 de Outubro, tendo como tema “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. Num comunicado difundido pelo Secretariado do Sínodo, convidam-se as Igreja particulares, as comunidades paroquiais, os Institutos de vida consagrada, associações e movimentos a rezarem nas Eucaristias e noutros momentos celebrativos, nos dias anteriores e durante os trabalhos sinodais.
 Cabe-nos a nós, sacerdotes, desafiar os fiéis a unirem-se na sua oração pessoal a esta intenção, sobretudo nas famílias. Recomende-se também a reza do Terço, pelos trabalhos sinodais.


 O Secretariado do Sínodo publicou uma breve Oração à Sagrada Família para o Sínodo, composta pelo Papa Francisco, que aqui a apresentamos para que possa ser rezada por todos nas Eucaristias e também reproduzida para que as pessoas levem para casa e aí em família ou individualme…

Papa Francisco aos noivos e casais: "Isto faz-nos pensar nos casais que «não suportam o caminho»"

A primeira Leitura fala-nos do caminho do povo no deserto. Pensemos naquele povo em marcha, guiado por Moisés! Era formado sobretudo por famílias: pais, mães, filhos, avós; homens e mulheres de todas as idades, muitas crianças, com idosos que sentiam dificuldade em caminhar... Este povo lembra a Igreja em caminho no deserto do mundo actual; lembra o Povo de Deus que é composto, na sua maioria, por famílias. Isto faz pensar nas famílias, nas nossas famílias, em caminho pelas estradas da vida, na história de cada dia... É incalculável a força, a carga de humanidade presente numa família: a ajuda mútua, o acompanhamento educativo, as relações que crescem com o crescimento das pessoas, a partilha das alegrias e das dificuldades... As famílias constituem o primeiro lugar onde nos formamos como pessoas e, ao mesmo tempo, são os «tijolos» para a construção da sociedade. Voltemos à narração bíblica... A certa altura, o povo israelita «não suportou o caminho» (Nm 21, 4): estão cansados, falta a …

A batalha mais difícil

Roubo este título ao livro Mapa Sentimental (Editora Aguilar, Madrid, 2012), do meu amigo Javier Urra. Psicólogo clínico e forense, Javier tem dedicado a sua vida à defesa dos direitos das crianças e à intervenção junto de jovens com problemas comportamentais. É autor de vários livros, alguns publicados em Portugal, que se recomendam pela abordagem ética dos problemas dos mais novos e das suas famílias. No livro Mapa Sentimental, Javier Urra defende que a estabilidade emocional se alcança através do conhecimento aprofundado dos próprios sentimentos e da responsabilização pelas acções de cada um. Através do autocontrolo, atingimos a segurança emocional, essencial para consolidarmos uma boa saúde mental.  Javier Urra, a propósito da “batalha mais difícil”, cita Napoleão Bonaparte, que afirmou: “Tenho-a todos os dias comigo mesmo.” E assinala como essenciais o compromisso, a responsabilidade e o vínculo, para a construção de relações humanas mais satisfatórias.

XXVI Jornadas Nacionais da Pastoral Familiar‏

No próximo mês de Outubro vão realizar-se as XXVI Jornadas Nacionais com o tema: Família e fecundidade da Igreja, cujo programa e carta convite junto enviamos em anexo. Apelamos à forte participação das famílias da vossa Diocese nestas Jornadas que decorrem ao mesmo tempo que se encerra a III Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, no Vaticano. Lembramos que a ficha de inscrição e outros materiais podem ser encontrados e reproduzidos a partir da nossa página: www.leigos.pt Julgamos que estas jornadas irão dar um forte contributo para o vosso trabalho pastoral. Com amizade em Cristo
Da Equipa Nacional: Fátima e Luís Reis Lopes