Avançar para o conteúdo principal

Inscrição Dia Arquidiocesano da Família

SOLIDARIEDADE FAMILIAR

PROGRAMA
16h30 ­— Acolhimento
17h00 — Painel com D. António Moiteiro (Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Braga); Dr. Bernardino José Torres da Silva (Departamento Arquidiocesano "Comissão Justiça e Paz" - Arquidiocese de Braga) e Dra. Sofia Fernandes (Vereadora da Família da Câmara de Vila Nova de Famalicão)
18h30 — Fim do painel
19h15 — Eucaristia presidida pelo sr D. António Moiteiro
20h30 — Jantar (5€ por pessoa)
21h30 — Concerto

LOCAL
Centro Pastoral de Santo Adrião
Rua Álvaro Castelões, 57, 4760-209
Paróquia de Santo Adrião, Vila Nova de Famalicão
Arciprestado de Vila Nova de Famalicão

FICHA DE INSCRIÇÃO
"FAÇA O DOWNLOAD  DA FICHA AQUI
http://www.4shared.com/folder/UJoU3pyR/_online.html

Entregar na paróquia respetiva, ao pároco, na Cúria Arquidiocesana.
Por email para a Equipa Arquidiocesana da Pastoral Familiar: familiadebraga@gmail.com

Ou Equipa Arciprestal da Pastoral Familiar de VNF: familia.arciprestado@gmail.com 



Mensagens populares deste blogue

Conselhos do Papa Francisco para ir à Missa com crianças

Choros ou gritos das crianças podem atrapalhar, mas a comunidade deve incentivar a participação de toda família.
“Chata!” Respondi à minha avó quando me perguntou sobre o que eu havia achado da Missa. Na época, eu tinha uns seis anos. E olha que cresci em uma família católica, frequentando Missas e catequeses! Recordo que ir à Missa, muitas vezes, representava uma soneca durante a  homilia, pipocas doces e coloridas ou sorvete no fim. Confesso que minha participação não era exemplar, porém, creio que essa liberdade na participação foi ajudando a semear a fé em meu coração e em minha mente.

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

A mulher é quem dá harmonia ao mundo, não está aqui para lavar louça

O Pontífice indicou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente sobre a função que realiza na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”. Em sua reflexão sobre a Criação, a partir da leitura do Livro do Gênesis, o Papa Francisco se referiu ao papel da mulher na humanidade.