Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2014

Carta às famílias do Papa Francisco a pedir orações pelo próximo Sínodo dos Bispos

Apresento-me à porta da vossa casa para vos falar de um acontecimento que vai realizar-se, como é sabido, no próximo mês de Outubro, no Vaticano: trata-se da Assembleia geral extraordinária do Sínodo dos Bispos, convocada para discutir o tema «Os desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização». Efetivamente, hoje, a Igreja é chamada a anunciar o Evangelho, enfrentando também as novas urgências pastorais que dizem respeito à família.
Este importante encontro envolve todo o Povo de Deus: Bispos, sacerdotes, pessoas consagradas e fiéis leigos das Igrejas particulares do mundo inteiro, que participam ativamente, na sua preparação, com sugestões concretas e com a ajuda indispensável da oração. O apoio da oração é muito necessário e significativo, especialmente da vossa parte, queridas famílias; na verdade, esta Assembleia sinodal é dedicada de modo especial a vós, à vossa vocação e missão na Igreja e na sociedade, aos problemas do matrimónio, da vida familiar, da educação d…

Família exige pastoral «corajosa»

Papa inicia consistório extraordinário dedicado a esta temática
O Papa Francisco iniciou hoje os trabalhos do consistório extraordinário que reúne cerca de 185 prelados no Vaticano, entre hoje e amanhã, com alertas para as dificuldades que a família enfrente na atualidade. “Hoje, a família é desprezada, é maltratada, pelo que nos é pedido para reconhecermos como é belo, verdadeiro e bom formar uma família, ser família hoje; reconhecermos como isso é indispensável para a vida do mundo, para o futuro da humanidade”, declarou, Segundo o Papa, os trabalhos destes dois dias devem colocar em evidência “o plano luminoso de Deus para a família” e delinear uma "pastoral inteligente, corajosa e cheia de amor". “Ajudemos os esposos a vivê-lo com alegria ao longo dos seus dias, acompanhando-os no meio de tantas dificuldades”, acrescentou. Francisco sublinhou que a família é “a célula fundamental da sociedade humana”, convidando os participantes nesta reunião a ter “sempre presente a beleza d…

Respostas às questões propostas para a IX Jornada da Família - Nas periferias da Família

O PAPA FRANCISCO DESAFIA-NOS A IR ÀS PERIFERIAS EXISTÊNCIAS, A ABRIR AS PORTAS DA IGREJA PARA SAIR E IR AO ENCONTRO DE TODOS, QUAISQUER QUE SEJAM AS SITUAÇÕES. O QUE TE DIZ ESTE DESAFIO? COMO PENSAS CONCRETIZA-LO?
- É sem duvida uma mente aberta. Jesus acolheu todos, são todos filhos de Deus. Não é nada fácil, é preciso muita coragem, mas não podemos desanimar. Ás vezes uma palavra na hora certa faz a diferença.
- Este desafio faz falta na igreja, especialmente na minha paróquia fecha-se as portas em vez de as abrir, ajudando as pessoas a compreender que Jesus é o caminho, a verdade e a vida.
- É bom o desafio mas é difícil os jovens aderirem, mas vamos tentando falar hoje e amanhã.
- A Igreja relativamente a este conceito deveria ser mais aberta a acolher, não rejeitar, saber os motivos e tentar ajudar. Não deveria ser tão rígida e ser mais flexível.
- Este desafio do Papa Francisco está por enquanto num plano dos discursos e temo que não saia daí tão cedo. É bonito, fica bem, corre o ris…

Respostas às questões propostas para a IX Jornada da Família - Nas periferias da Família

MUITOS JOVENS EXCLUEM A PRÓPRIA IDEIA DE CASAR. O QUE ACHAS QUE SE PASSA? É UMA QUESTÃO ECONÓMICA? É FALTA DE UM PROJECTO DE VIDA?

- A questão económica tem um grande peso e daí a falta de um projecto de vida, mas também é moda, dificuldades sempre houve.
- Sim, é falta de projecto de vida. Falta de carinho e acolhimento da parte dos representantes da Igreja.
- É Falta de Jesus Cristo. Falta de um projecto de vida.
- Questões económicas sim, mas também a evidencia que a instituição família está cada vez mais em decadência. Cada um vive para seu lado, embora casados cada um vive a sua própria vida.
- É sobretudo uma questão económica e também um estilo de vida mais consentâneo com os dias de hoje de forte instabilidade a vários níveis. Não é falta de projecto de vida, é sim projectos de vida diferentes do passado.
- Falta de projecto de vida e medo do compromisso assumido. Penso que as pessoas excluem facilmente Deus nas suas vidas. As pessoas brincam demasiado com os sentimentos do outro.

Respostas às questões propostas para a IX Jornada da Família - Nas periferias da Família

HÁ MUITOS DIVÓRCIOS, SEPARAÇÕES, UNIÕES DE FACTO. COMO TE POSICIONAS FACE A ESTAS SITUAÇÕES? ACEITAS COM INDEFERENÇA E RESIGNADO ÀS EVIDENCIAS? SABES O QUE DIZ A IGREJA SOBRE ELAS? CONHECES ALGUÉM NESTAS CIRCUNSTANCIAS?

- Não aceito. Sei, Jesus disse “o que Deus une jamais o homem pode separar”. Conheço bastantes, infelizmente.
- A nossa sociedade vive a ritmo alucinante, com vários problemas; desemprego, falta de dinheiro, doenças, fome e para agravar surgem sentimentos de revolta; ciúme, orgulho e comportamentos indevidos. Tudo isto contribui para os divórcios e separações. Eu penso que a Igreja luta contra estas “enfermidades”. A Igreja precisa de capacidade de tratar feridas.
- Este é um tema muito delicado e sensível (sou casada). Hoje existem muitos estados emocionais desequilibrados, daí o assunto ser delicado. Aceito as indiferenças a que estou sujeita. A Igreja neste assunto é muito diversa. Infelizmente ou felizmente conheço.
- Com respeito. Não, tento mediar alguns casos. Outro…

Respostas às questões propostas para a IX Jornada da Família - Nas periferias da Família

A IGREJA TEM UM IDEAL DE FAMILIA. CONHECES ESSE IDEAL? ACHAS QUE ESTÁ ULTRAPASSADO? CONHECES E LÊSO QUE IGREJA DIZ SOBRE A FAMILIA?

- Conheço. Não está nem estará porque é na família que se encontram os valores que Deus ensinou. Conheço e leio quando posso.
- Conheço. Não. A Igreja diz e escreve que as familias não devem estar enfermas, mas sim de saúde. Para isso acontecer todos os membros da família têm que se esforçar para dar o seu melhor. Por isso nunca se pode dizer que está ultrapassado. Pode é dizer-se que muitas familias não estarão dar o seu melhor para melhorar as relações entre os seus membros.
- Quem formou a família foi Deus e esse ideal ainda se encontra actualizado por Deus nosso Pai. O homem (Igreja) deve idealizar no bom sentido esse tema. A Igreja defende a família teoricamente, mas desafio a Igreja (que somos todos nós) a sair mais ao encontro desse ideal.
- Sim. Não. Conheço a doutrina da Igreja no que se refere à família.
- O ideal não está ultrapassado, as pessoas é q…

Papa Francisco aos Noivos em Dia dos namorados - “Não devemos deixar-nos vencer pela cultura do provisório, que hoje nos invade a todos”

O Papa Francisco encontrou-se hoje no Vaticano com 25 mil noivos, por ocasião do dia de São Valentim, a quem pediu que vivam sem medo das “escolhas definitivas”. “Hoje, muitas pessoas têm medo de fazer escolhas definitivas, por toda a vida, parece-lhes impossível. Hoje tudo muda rapidamente, nada dura muito”, declarou perante participantes vindos de 30 países, incluindo quatro portugueses, numa iniciativa promovida pelo Conselho Pontifício da Família sob o lema ‘A alegria do sim para sempre’. “Não devemos deixar-nos vencer pela cultura do provisório, que hoje nos invade a todos”, acrescentou o Papa. Francisco sustentou que a vida familiar deve ser construída não sobre a “areia dos sentimentos que vão e volta”, mas sobre “a rocha do amor verdadeiro, o amor que vem de Deus”. “A família nasce deste projeto de amor que quer crescer, como se construísse uma casa que seja lugar de afeto, de ajuda, de esperança, de apoio”, prosseguiu.

São Valentim, mártir e protetor dos namorados

A informação mais antiga de São Valentim (175-273) está num documento oficial da Igreja dos séculos VI-VII, em que aparece o aniversário da sua morte. No século VIII, outro documento narra alguns detalhes do martírio: a tortura, a decapitação noturna e a sepultura. Outros textos do século VI referem que São Valentim, cidadão e primeiro bispo da cidade italiana de Terni, tornado célebre pela santidade da sua vida, caridade e humildade, pelo apostolado zeloso e pelos milagres, foi convidado a ir a Roma por Cratone, orador grego e latino, para que curasse o filho doente há alguns anos. Curado o jovem, converteu-o ao cristianismo, juntamente com a família e o filho do prefeito. Preso sob o imperador Aureliano, foi morto a 14 de fevereiro de 273. O seu corpo foi enterrado à pressa num cemitério a céu aberto, a pouca distância de Roma, para evitar sublevações por parte dos cristãos. Três discípulos exumaram o corpo poucas noites após a execução e levaram-no para Terni, então denominada Inter…

O Papa fala aos namorados - Dia dos namorados

O papa Francisco vai encontrar-se esta sexta-feira, dia de S. Valentim e Dia dos Namorados, com mais de 20 mil noivos, provenientes de 28 países, que vão casar-se nos próximos meses. A iniciativa, que decorre na Praça de S. Pedro, no Vaticano, começa às 10h00 (hora de Lisboa) com a apresentação de testemunhos, canções e poemas de amor. O encontro com Francisco está marcado para as 11h00. Não é a primeira vez que um papa fala aos namorados. Em 11 de setembro de 2011, por exemplo, Bento XVI encontrou-se ao ar livre com vários casais na cidade italiana de Ancona. Apresentamos alguns excertos das suas palavras, acompanhados pelas pinturas de Marc Chagall. «Em certos aspetos, o nosso é um tempo difícil, sobretudo para vós jovens. A mesa está posta com tantas coisas apetecíveis, mas, como no episódio evangélico das bodas de Caná, parece que faltou o vinho da festa. Sobretudo a dificuldade de encontrar um trabalho estável é causa de incerteza sobre o futuro. Esta condição contribui para adiar a…

Respostas às questões propostas para a IX Jornada da Família - Nas periferias da Família

A FAMILIA É MUITO IMPORTANTE. COMO VÊS A FAMILIA HOJE? QUE IDEAL TENS DE FAMILIA?
- Hoje a família é muito diferente de outrora. A família deve cultivar valores de partilha, fraternidade, educação, respeito e da dignidade de cada membro da família.
- Antigamente a família significava pai, mãe e filhos e existiam laços inquebráveis. Actualmente com as separações, divórcios... o organograma da família está desestruturado, existe padrasto, madrasta, meios-irmãos..., os laços familiares estão mais distantes e não são tão fortes como deveriam. A família ideal é sinónimo de família que cresce em amor, respeito e entendimento entre os seus membros.
- Eu vejo a família como pilar da sociedade, apesar das desestruturações que enfrenta nos dias de hoje. Hoje as familias sentem-se ameaçadas pelo desequilíbrio social, é preciso muito bom senso para manter a família unida. A família ideal é aquela onde é o amor que reina.

Namorar noutro rumo - Dia dos Namorados

Devemos entender a palavra namorar como seduzir, encantar, cobiçar, apaixonar-se, prender, criar afetos e laços com alguém ou alguma coisa. Quantas vezes nos indagamos sobre o sentido de namorar, na sociedade atual? Estarão os jovens preparados para namorar? Que sentido tem, nas nossas vidas, esta palavra tão fecunda? E namorar será somente cortejar, desejar ou gostar de alguém? Sem dúvida que a palavra namorar pode assumir vários contornos. Namorar pode ser entendido no sentido mais universal do vocábulo que é amar, ou então, no sentido mais íntimo e humano assumindo o sentido de apaixonar-se por algo ou por alguém. Neste caso, o namorar é também entendido como o afeto livre e gratuito entre casais e esposos, numa entrega plena no quotidiano, numa cumplicidade a dois para enfrentar a árdua caminhada. O namoro assenta num acolhimento, numa dedicação, numa entrega, num diálogo amoroso que se assume e que se sente para enfrentar a vida. Noutra dimensão, temos o namoro simples das coisas be…

Namora, quem lê nos olhos e sente no coração - Dia dos Namorados

Namora, quem lê nos olhos e sente no coração as vontades saborosas do outro. Namora, quem se embeleza em estado de amor. Namora quem sente frios e calores, nas horas menos recomendáveis. Namora, quem começa a ver muito mais no mesmo lugar que sempre viu e jamais reparou. Flores, árvores, a santidade, o perdão, Deus, tudo é mais fácil para quem sabe, de verdade, o que é namorar. Por isso, só namora quem descobre um lindo amor, tecido do melhor de si mesmo e do outro. Namora quem namora, quem à toa chora, quem relembra e quem comemora datas que o outro esqueceu. Namora quem é bom, quem gosta da vida, do céu, do mar e do parque de diversões. Namora quem sonha, quem teima, quem se sacrifica por amor e quem vive para amar. Namora, quem diz: "Precisamos muito conversar". Quem é capaz de perder tempo, muito tempo, com a mais útil das inutilidades: pensar no ser amado. Apreciar cada momento vivido e recordar palavras, fotos e carícias com uma vontade cega de parar o tempo e encher-se de felici…

Oração para o dia dos Namorados: "Não somos apenas UM! Somos dois…"

Estamos aqui, SENHOR! Não somos apenas UM Somos dois, Somos diferentes e somos imperfeitos, mas sabemos que tu está connosco SENHOR! Ao longo da nossa vida, que tentamos percorrer de mãos dadas, vamos aprofundando o dom da entrega um ao outro, segundo o teu exemplo SENHOR! O caminho não é fácil, por vezes, temos sentimentos que nos fazem mal, ações que nos magoam…e buscamos sempre perdoar, como tu perdoaste e perdoas SENHOR! Na correria diária, não sabemos escutar, não conseguimos dialogar, não sabemos parar …e torna-se difícil acolher um ao outro como tu nos acolhes SENHOR! Durante o exigente caminho, desta vida a dois, nem sempre encontramos tempo para namorar, para sonhar, para reconfortar e compreender como tu nos compreendes SENHOR! Ajuda-nos a encontrar, em cada um de nós, a capacidade da entrega, do encanto, da surpresa, da verdade, do perdão, da felicidade e da doação SENHOR! Estamos aqui, SENHOR! Não somos apenas UM Somos uma FAMÍLIA Que procura CAMINHAR Que procura NAMORAR Que procura v…