Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho 17, 2012

II Ecos da Equipa Arquidiocesana do VII Encontro Mundial das Famílias

Tivemos o privilégio de participar, acompanhado de um grupo de 11 bracarenses, no VII Encontro Mundial das famílias, em Milão que decorreu de 30 de Maio a 3 de Junho.
As responsabilidades do envolvimento na Pastoral Familiar Diocesana “exigiam” a nossa presença ativa neste Encontro, cheios de expectativa e desejos de conhecer e de aprender mais e potenciar o apostolado da Família na nossa Diocese. Um “secreto” desejo de estar com o Papa e de lhe mostrar o nosso carinho e a nossa presença fiel e a adesão à sua palavra e ao seu ministério preenchia a restante bagagem.
Podiamos contar muito da riqueza dos conteúdos do Congresso dos testemunhos ouvidos e comovidos, mas ficariamos com a sensação de transmitir muito pouco.
Podiamos partilhar a sensação inebriante de me ter sentido acompanhado por milhares de famílias católicas vindas dos mais incríveis locais do globo, que vivem a mesma fé, partilham dificuldades bem maiores e transparecem uma fé, uma alegria e um dinamismo que…

I Ecos da Equipa Arquidiocesada do VII Encontro Mundial das Famílias -

FAMÍLIA - FÉRIAS - EUCARISTIA - CATEQUESE

Os dias de férias são, por muitos e para todos, esperados com ansiedade, por serem tempo de descanso, de retemperar energias e de fazer coisas diferentes. Mas, para algumas famílias, férias são sinónimo de maiores conflitos, uma vez que se vêem "obrigados" a um maior convívio, a estarem mais tempo uns com os outros. No entanto, seria interessante e importante pararmos um momento para redescobrirmos que este tempo de férias é sobretudo um tempo de graça que nos é oferecido para fazer crescer os laços relacionais e afectivos entre os familiares.  Então, por que não aproveitar este momento para partilhar a vida? Se, durante o ano, afirmamos não ter tempo para estar uns com os outros, por que não aproveitar as férias e recuperarmos a comunhão e o convívio uns com os outros, pais e filhos, avós, tios… amigos!? Se desejamos a união e a paz na família é preciso conhecer as necessidades de seus membros. Para isso, precisamos estar juntos, presentes. Por isso, deixamos outra interrogaç…