Avançar para o conteúdo principal

Família e Missão (Acção missionária da família)


Em pleno mês missionário, onde na Igreja Universal é trazido à memória a evangelização ad gentes, podemos perguntar-nos sobre o papel da família na evangelização.
Se a família nasce do Evangelho, nele assenta os seus alicerces e faz dele a sua principal refeição, então a família é missionária pois tudo o que brota da Palavra de Deus traz consigo a liberdade e a verdade do amor que não aceita corações fechados e o seu simples sopro faz abrir as portas e janelas de qualquer "habitação" humana.
Uma família que tem o seu coração a arder de amor é missionária. À imagem de Santa Teresinha do Menino Jesus, que não saindo do seu mosteiro, tornou-se a padroeira das missões, assim também a família, não precisa de "sair portas fora" para perceber que é na sua natureza missionária. A força do Evangelho gera pessoas com corações abertos e por isso missionários.
Cada um de nós pode ser missionário no lugar onde se encontra. E todos os lugares são lugares de missão. E em todos os lugares é possível ser missionário. Assim também a família é lugar de missão e objecto de missão.

P.e Francisco Carreira

Mensagens populares deste blogue

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis...

Em Setembro passa a ser proibida a eutanásia nos canis como medida de controlo dos cães e gatos vadios. Governo pode vir a estender prazo, porque maioria dos canis não sofreu obras. Em 31 concelhos nem sequer existem.

E se ajudássemos os outros a viver?

Nunca fui autónoma, mas isso não me tornou menos digna em nenhum dos dias, desde que nasci. É por isso que não posso ficar em silêncio, numa altura em que nos preocupamos em como ajudar os outros a morrer.

Eutanásia: Interrupção Voluntária do Amor (IVA)

Nestas últimas semanas, estou em visita pastoral às paróquias mais pequenas do arciprestado de Cabeceiras de Basto. No contexto atual de debate sobre a eutanásia, tenho procurado saudar ainda com mais respeito e carinho os idosos que encontro nos Centros de Convívio, em suas casas ou na Igreja Paroquial na celebração do Sacramento da Unção dos Doentes.